15 anos

Processo Seletivo
Inscreva-se!

Faça sua
Matrícula!

Engenharia Ambiental

A Engenharia Ambiental tem um campo amplo de atividade e que vem sofrendo grandes mudanças em função dos avanços tecnológicos, das questões climáticas e ambientais.

Atualmente há uma grande preocupação com os problemas ambientais tais como a escassez hídrica, a destinação incorreta dos resíduos sólidos, a poluição ambiental generalizada, o manejo inadequado dos ecossistemas, o crescimento populacional e a necessidade de planejamento e gestão do meio ambiente nos setores públicos e privados. Atrelado a isso, a sociedade civil está mais atenta aos assuntos relacionados às questões ambientais e vem cobrando dos gestores públicos e das indústrias alternativas para a resolução dos mesmos.

Objetivos do Curso

O objetivo do Curso de Engenharia é a formação de um profissional generalista, humanista e crítico, capacitado para identificar e resolver problemas relacionados à área ambiental. Esta formação tem como base os fundamentos filosóficos, teóricos e metodológicos da engenharia e a aplicação desse conhecimento busca o crescimento socioambiental e econômico, visando o desenvolvimento sustentável. O curso possui os seguintes objetivos específicos:

  • Permitir uma formação ampla para as atuais demandas do mercado de trabalho e da sociedade, compatibilizando com as diretrizes curriculares propostas pelo MEC;
  • Direcionar uma estratégia de ensino visando formar um engenheiro pleno que transite nas diferentes áreas do conhecimento que tenham interface com o meio ambiente;
  • Proporcionar condições para a formação de um profissional com capacidade e aptidão para pesquisar, elaborar e prover soluções que permitam a harmonização das diversas atividades humanas com os ecossistemas e as normas ambientais em vigor;
  • Oferecer conteúdos que proporcionem aos alunos o entendimento da área de atuação da Engenharia Ambiental, que exige a integração entre a formação básica e profissional, com ênfase nas áreas de recursos hídricos, recursos atmosféricos, saneamento ambiental, controle ambiental e gerenciamento e avaliação de recursos ambientais;
  • Promover atualização permanente do conteúdo programático estabelecido de forma a manter o conhecimento tecnológico de vanguarda sempre presente nas unidades curriculares do curso;
  • Incorporar ao currículo do aluno o aproveitamento de atividades extraclasse através do conceito de “atividades complementares” e incentivar as práticas de estudo e atividades de pesquisa.

Áreas de atuação profissional

O Engenheiro Ambiental atua em empreendimentos que exigem avaliações de impacto no meio ambiente, como nas usinas termoelétricas e as indústrias de vários setores, que buscam uma atuação com responsabilidade, visando uma certificação ambiental. Se autônomo, pode ser consultor e projetista, em órgãos públicos – de fiscalização, regulação ou planejamento -, empresas privadas de consultoria, indústrias, instituições de ensino e agências de desenvolvimento tecnológico.

Perfil do Egresso

No progresso de sua carreira profissional, agregando experiência prática e aperfeiçoamentos realizados, os egressos deverão estar capacitados a assumir funções em diferentes níveis como consultor e/ou dentro das organizações, seja de execução, gerenciamento ou de direção, para as quais seguem algumas atividades e responsabilidades técnicas inerentes à função (diretor, administrador, gerente, projetista, coordenador, engenheiro, pesquisador, professor, dentre outras):

  • Execução e operação de sistemas ambientais, tais como: operação de ETE, ensaio de tratabilidade de efluentes, planta piloto, gerenciamento ambiental, execução de PBA, comunicação social e monitoramento ambiental (ar, água, efluentes, solo e resíduos);
  • Avaliação ambiental: auditoria ambiental, avaliação de passivo, preparação para ISO 14.000 e avaliação de desempenho ambiental;
  • Licenciamento ambiental: licenças prévia, de instalação e funcionamento, reserva legal/desmatamento, outorga para captação e água e lançamento de efluentes, termo de ajustamento de conduta (TAC), audiência pública e definição de estratégias ambientais;
  • Estudos especiais: estudo de análise de risco (EAR), resgate de fauna, inventário florístico, georeferenciamento de propriedades rurais, geoprocessamento e estudos de viabilidade econômica;
  • Estudos ambientais: estudo de impacto ambiental (EIA), relatório de impacto ambiental (RIMA), relatório ambiental preliminar (RAP), plano básico ambiental (PBA), relatório de controle ambiental (RCA), plano de recuperação de áreas degradadas (PRAD), projeto de revegetação, plano de gestão ambiental (PGA) e estudo de impacto de vizinhança;
  • Tecnologia ambiental: projeto de estações de tratamento de efluentes (ETE), projeto de estações de tratamento de água (ETA), projeto de aterros sanitário e industrial, gerenciamento de resíduos sólidos, projeto de reuso de água e efluentes e projeto de equipamentos de controle de emissões atmosféricas.

Dados Gerais do Curso

  • Duração: 5 anos (10 períodos)
  • Vagas: 120
  • Turno: Matutino e Noturno
  • Título: Bacharel
  • Portaria: Portaria de Autorização nº 2006 de 29/11/2010

MensalidadeBolsas, Financiamentos e ConvêniosCorpo DocenteGrade Curricular

Coordenação

Prof.